0 item(ns) - R$0,00

Plantio de Sementes para Pastagem

Sabemos que o cultivo de um pasto de respeito não é tarefa simples. Diversos fatores influenciam no crescimento da planta e na qualidade do produto final, seja ele de corte ou leite. O clima e tipo de solo, a semente escolhida, o plantio das áreas adjacentes e diversas outras variáveis são de extrema importância e devem ser consideradas durante o planejamento da reforma. Seguem algumas dicas que podem ajudar a esclarecer alguns pontos:


Escolhendo a forrageira correta:

Um fator importante é a topografia da área: se esta for acidentada, com grande declividade  e sujeita a erosão, não recomenda-se gramíneas de touceira, no caso é então recomendado gramíneas com hábito de crescimento decumbente, estolonífero ou rizomatoso.

Fertilidade do solo:

Se estiver baixa e não pretende-se corrigi-la ou melhorá-la, não recomenda-se uma gramínea exigente em fertilidade de solo, como a mombaça, por exemplo.

Terreno úmido:

Se o local for de várzea ou sujeito a alagamento, recomenda-se gramíneas que toleram essa condição, do contrário, irão morrer em pouco espaço de tempo.

O Animal que vai pastejar:

Dependendo do animal que irá pastejar o terreno, recomenda-se um tipo de gramínea específica, pois devem levar em consideração o hábito de pastejo. um exemplo bastante interessante é o habito dos equinos, caprinos e ovinos. Esses animais costumam cortar as gramíneas bem rentes ao solo. Para tal situação recomenda-se gramíneas com a gema apical mais rente ao solo.

Nível tecnológico a ser adotado:

Se a pretensão é de intensificar o sistema produtivo e trabalhar com animais de alta performance, recomenda-se uma gramínea de qualidade com alta produção de matéria seca.

Outras gramíneas existentes na propriedade:

Uma propriedade bem conduzida e estrategicamente correta, em termos de pastagens, deve ter pelo menos 3 tipos diferentes de gramíneas distribuídas em pastos e sistemas de pastejo diferentes.


Tecnologia e desenvolvimento:

A qualidade da semente é fator determinante na qualidade do produto final. No vídeo abaixo, pode-se conferir o processo de produção e controle de qualidade, assim como o processo de desenvolvimento, e várias dicas de como escolher a melhor semente para seu projeto.



Conclusão:

Por todos esses fatores é que a Wolf Sementes do Brasil disponibiliza ao pecuarista uma das mais completas linhas de sementes de gramíneas e leguminosas forrageiras para consorciação, banco de proteínas, adubação verde, rotação de cultura e jardins.

  • Pagseguro